Seis regras essenciais para incrementar o e-commerce das pequenas e médias empresas.

E-commerce regras básicas.

Se as previsões da e-Bit (empresa provedora de informações sobre o e-commerce no Brasil) se confirmarem, o comércio eletrônico deverá ter encerrado o primeiro semestre de 2011 com um faturamento de R$ 8,8 bilhões, o que representa mais do que todas as vendas somadas em 2008 (R$ 8,2 bilhões). Os números mostram a força e o crescimento do setor, que deve chegar aos R$ 20 bilhões até o final do ano.

Com o mercado em expansão, é natural que as pequenas e médias empresas se sintam estimuladas a investir nesse canal de vendas, na esperança de aproveitar o momento de explosão do e-commerce. No entanto, o comércio eletrônico não traz apenas oportunidades.

 Fonte:http://www.robertodiasduarte.com.br/index.php/seis-regras-essenciais-para-incrementar-o-e-commerce-das-pequenas-e-medias-empresas/ http://www.robertodiasduarte.com.br/index.php/seis-regras-essenciais-para-incrementar-o-e-commerce-das-pequenas-e-medias-empresas/